۞ Luar da Mandala ۞

Da Magia ao Encanto!

Feito a Mão

" Dar um presente artesanal é evitar a espera nas filas das grandes lojas e nos shoppings, mas também é algo que possui um significado muito maior. Quem compra presentes artesanais tem a satisfação de apoiar diretamente o trabalho do artista ou artesão. Já quem recebe, ganha algo único, feito com carinho e atenção que podem ser sentido e vistos no próprio produto. Um presente artesanal é o resultado do talento e dedicação, fatores que estão ausente nos produtos provinientes da fabricação em massa/industrial!" ( Tradução livre de texto do site do movimento BUY HANDMADE-por Andrea Superziper )

Sobre Mandalas

Mandala é a palavra sânscrita que significa círculo, uma representação geométrica da dinâmica relação entre o homem e o cosmo. De fato, toda mandala é a exposição plástica e visual do retorno à unidade pela delimitação de um espaço sagrado e atualização de um tempo divino. As mandalas oferecem um equilíbrio visual, simbolizando união e harmonia. Ela representa plenitude, e pode ser visto como um modelo para estrutura organizacional da própria vida, é um diagrama cósmico que lembra a nossa relação com o infinito, o mundo que se estende para além de nossa existência e ao mesmo tempo, para dentro de nossos corpos e mentes. Resumindo uma mandala pode ser vista como um meio hipnótico, deixando o hemisfério criativo da nossa mente correr um pouco mais livre, enquanto a nossa mente analítica tem um pequeno descanso. A mandala é muita usada para meditação, ajuda na concentração, os nossos olhos se fixam no centro da mandala e na beleza de seus desenhos , permitindo a nossa mente vagar com maior facilidade. Atualmente a mandala é muito usada na decoração, aparece em diferentes formas e modelos, as minhas preferidas são as tibetanas ou nepalesas, perfeitas, minuciosas e muito coloridas, encantam os olhos e o coração. Fonte: http://www.webtelas.xpg.com.br/

Sobre Kusudamas

Uma antiga lenda oriental conta que o Festival Tanabata teve origem a partir de uma história de amor entre a linda princesa Orihime e Kengyu. Eles se apaixonaram profundamente e a partir daí a vida de ambos girava apenas em torno do amor, esquecendo completamente de suas obrigações. Os deuses vendo a atitude deles resolveram castigá-los e transformá-los em estrelas, separando-os em pontos distantes da Via Láctea. Para aliviar o sofrimento do casal apaixonado, foi concedido um encontro anual que ocorre no sétimo dia do sétimo mês do ano. Neste período comemoramos o Festival Tanabata ou Festa das Estrelas. E os ornamentos que compõem a decoração do evento são os bambus e os Kusudamas. O bambu representa a Via Láctea, já os Kusudamas simbolizam as estrelas. Origem: http://www.ribeiraopreto.sp.gov.br/scultura/tanabata/i14principal.asp?pagina=/scultura/tanabata/I14kusudamas.htm

Mandala Coleção Sol e Lua










Promoção no Atelier da Juh!

Gente, corram lá no blog da Juh, está acontecendo um sorteio de uma linda mandalinha.
È só clicar : aqui
Beijos!!!
E logo voltarei pra postar mais mandalas!!!

Paz!



Minha orquídea floresceu, e com ela veio um tsuru trazendo uma mensagem...







Símbolo de sofisticação, a orquídea é considerada como uma flor de nobreza.
Frágil, delicada, floresce por pouco tempo e encanta a quem tem o privilégio de contemplá-la.

Hoje acordei e me deparei com essa beleza, e com ela veio um tsuru trazendo uma mensagem do blog do
Marcelo, ele criou essa beleza de projeto com mais alguns origamistas e chegaram em ideogramas como estão vendo nas minhas fotos e estou aqui pra convidar a todos os meus seguidores a dobrar e espalhar tsurus com mensagens de paz, saúde, longividade, amor e felicidade.

Para dobrar o tsuru:
aqui


Para imprimir: aqui

Pensamento do Dia


'Existem manhãs em que abrimos a janela e temos a impressão de que o dia nos está esperando.

Mandala Coleção Sol e Lua

Celebremos!!!


Estou aqui hoje para falar desta data tão especial, sou muito grata por todas as pessoas que conheci através do origami, que me ajudaram a saber mais sobre esta arte tão gratificante e mágica.
Sou outra pessoa depois que conheci a arte de dobrar, sou uma pessoa melhor, mais calma , generosa,amavél, enfim...viciada também, não consigo ficar um dia sem dobrar, quando não estou dobrando, minhas mãos parecem que pedem papel...AMo demais esta arte.
Uma vez eu li uma frase que ficou na minha mente, mas não sei se são com essas palavras, mas ficou guardada pra sempre em meu coração:

"Quando olho para um pedaço de papel, já não vejo mais um simples pedaço de papel."

... è mais ou menos isso... se alguém souber a frase, por favor me fale.
Então, hoje quero falar um pouquinho do dia do origami, pra quem não conhece sobre a arte, que conheçam e comecem a dobrar, é muito bom, muito gostoso,um desafio, uma arte de vencer!

O significado:

Origami Palavra japonesa ( oru = dobrar + kami =papel ) para a tradicional arte de transformar o papel, criando seres ou objectos, através de dobras geométricas , sem recurso a cortes ou colagens. É há muito conhecida a importância desta actividade para o desenvolvimento intelectual e motor , já que exige concentração, estimula a imaginação e desenvolve a destreza manual.

Existem grandes mestres internacionais desta arte, produzindo objectos duma complexidade e beleza inacreditáveis. Mas sem dúvida a dobragem mais popular é o Tsuru, a garça de papel , que representa a ave sagrada do Japão. Diz uma lenda da cultura nipónica, que ele vive mil anos e tem o poder de conceder desejos: se uma pessoa dobrar mil Tsurus teria um pedido realizado.



World origami days
O dia 24 de Outubro é o dia em que nasceu Lillian Oppenheimer (1898-1992), a fundadora do primeiro grupo de Origami nos EUA, e por isso isto o dia do Origami nos EUA e no Reino Unido. O dia 11 de Novembro é celebrado no Japão com o dia da Paz Mundial (foi o dia em que terminou a 1ª Guerra Mundial), e é também o Origami Day, visto neste país as dobragens de papel se tornarem um símbolo da Paz. A comunidade origamista aproveita estes 19 dias entre as duas datas para celebrar o origami.
As figuras representadas no origami têm diferentes significados para os japoneses, como, por exemplo, tsuru(foto abaixo) simboliza a paz, felicidade, boa sorte e saúde, o sapo significa amor e felicidade, entre outros.





Veja algumas imagens , se encantem e se inspirem:












FELIZ DIA DO ORIGAMI!!!
BOA SORTE Á TODOS!


*imagens do google, se for de alguém, e se sentir ofendido,
por favor, me avisem que retiro.

Tuca e Raj



Móbile Rock n' Roll


A caixinha também feita por mim, junto com uma mandalinha de papel coreano que depois virou um imã de geladeira.







Um close da Mandalinha:





Esse Mòbile foi feita pra dar de presente pra minha querida sobrinha Jéssica, ela graças á Deus também é rock n'roll... já tinha prometido pra ela fazia um tempo, e chegou seu niver, e não pensei duas vezes, vou fazer de caverinhas como me pediu cheias de charme,com lacinhos, bem do bem... gostei muito, e acho que ela também.


Kusudama Floral Globe

Eu não sei na verdade quem eu sou,
Já tentei calcular o meu valor,


Mas sempre encontro sorriso e o meu paraíso é onde estou...
Por que a gente é desse jeito
Criando conceito pra tudo que restou?


Meninas são bruxas e fadas,
Palhaço é um homem todo pintado de piadas!


Céu azul é o telhado do mundo inteiro,
Sonho é uma coisa que fica dentro do meu travesseiro!


...Perceber da onde veio a vida,
Por onde entrei deve haver uma saída,


Mas tudo fica sustentado pela fé!
Na verdade ninguém sabe o q
ue é!


...Mas eu não sei na verdade quem eu sou,
Já tentei calcular o meu valor,
Mas sempre encontro sorriso e o meu paraíso é onde estou...
( O Teatro Mágico )



"Não pense que espiritualidade está apenas em templos, igrejas e montanhas: ela está onde você está. A palavra espírito vem da nossa capacidade de inspirar e expirar. Se alguém me insulta e sou capaz de compreendê-lo, sem me deixar levar pela raiva, pela vingança ou pela tristeza, estou praticando a espiritualidade. O estresse, a pressa e o trânsito são ótimas oportunidades de prática espiritual. Ao perceber a tensão, já me coloco em outro patamar: inicio um processo de autoconhecimento, percebo o que impulsiona e o que me retrai. A vida urbana nos dá ótimas oportunidades para aprimorar a paciência, a tolerância, o respeito à vida, a sabedoria e a compaixão. Todos os seres são conectados. Faça o seu melhor, respira profundamente e seja gentil.” Monja Coen

CLIQUE NA IMAGEM

O Balé das Mandalas